Finalidade

São principais finalidades da Obra Nacional da Pastoral do Turismo:

  • Iluminar a realidade humana do Turismo com a Palavra de Deus;
  • Promover o respeito pela dignidade da pessoa humana e a procura do bem comum, expressos pela Doutrina Social da Igreja, em toda a atividade turística.

Imagem gráfica

Memória descritiva

Pe. Miguel M. Lopes Neto, Diretor

Nasce a 25 de dezembro de 1978, em Quelfes, Olhão.

Conclui, em 2006, o Curso de Teologia na Universidade Católica Portuguesa, Lisboa, tendo defendido a tese A Pascoa segundo Santo António.

Entre 2006 e 2007 é Assessor de D. Basilio de Nascimento, Bispo da Diocese de Baucau, para os assuntos relacionados com a Imprensa e Comunicação Social. Em Timor Leste foi, ainda, Professor de Português em regime de Voluntáriado Missionário na Escola Catolica de Manatuto.

Regressando a Portugal, é ordenado a 7 de dezembro de 2008, assumindo, então, funções como Director do Gabinete de Informação da Diocese do Algarve (GIDAlg), cargo que mantém até ao presente.

Entre 2009 e 2012 exerce, também, as funções de Vigário Paroquial de Quarteira.

Em 2011 e para além dos cargos já descritos, passa a coordenar a equipa da Pastoral do Turismo da Vigararia de Loulé e, por indicação de D. Manuel Neto Quintas, também forma a equipa da Pastoral Diocesana do Turismo. Já em 2012 passa a integrar a Obra Nacional da Pastoral do Turismo (ONPT), ocupando o cargo de Tesoureiro.

É, atualmente, pároco de Tavira (São Tiago, Santa Maria e Santa Luzia).

Share